apresenta

ENTRECORPOS

O que é um corpo?

Estatuto do simbólico, real e imaginário, o corpo se apresenta em perspectivas e laminações ilimitadas. Extrapolando imposições biológicas que fariam de si mera matéria sujeita, o corpo é social e na mesma medida, linguagem individualizada, fruto e resposta de múltiplos discursos que não se encerram com a morte do próprio corpo; muitas vezes até se amplificam. Já o corpo "historizado", tomado entre estrutura e história em suas variações culturais, torna-se por vezes sustento, submetido e subtraído. Em contra partida, fazendo-se ainda receptáculo, carrega heranças, laços, conexões, cosmogonias: corpo ancestral. Quando suporte de desejos, o corpo é massa pulsional, do simbólico-psíquico selado pela corpsificação Lacaniana.


Interrogar o corpo a partir da subjetividade da linguagem plástica de cada artista não se trata de uma mera narração de emoções, mas sim, de suas expressões poéticas.


O corpo território aparece no projeto {A}grade da artista Camíz, que utiliza objeto poético “grade” e engendra a dicotomia assegurar/separar. Ecoa então o questionamento: “Separar quem? E de quê?”


O corpo político está no diálogo, em pinceladas da artista Gabriela Fero, que traz mulheres como protagonistas da luta revolucionária, subvertendo símbolos capitalistas.


O tempo é desenhado a fio e o corpo estrangeiro da artista Sofia Saleme, em suas imperfeições e transitoriedades, é registrado em cemitério budista no Japão. 


O corpo-discursivo e contradiscursivo - "desfalológico" - é discorrido em linguagem poética na obra de Barbara Venosa, que grava suas expressões na matéria espelhada, convocando o observador.


Os registros das duas performances de Odaraya Mello evocam o valor do corpo. Da autonomia de ocupação e de retro-alimentação de energia desse espaço que é próprio.


Por meio de diferentes suportes e técnicas, Maria Flexa explora e extrapola os limites de seu próprio corpo, tomando-o como matéria-prima; corpo autoconvocado.


O corpo aprendiz recebe as técnicas oriundas de sua matriz ancestral, que são ressignificadas por Alice Gelli em suas tramas.


Talitha Rossi vela e enterra objetos carregados de simbologias "ditas femininas”, onde o corpo místico da performer se despede de seus significados; Além do vídeo apresenta poesias bordadas manualmente em superfícies que se revelam íntimas.

Os entendimentos e construções são plurais na arte e não se encerram em conceitos pré-existentes. Condutas insubordinadas adjetivam e demonstram comportamentos desobedientes, que não aceitam normas ou preceitos que lhes são impostos.  Reduzir o corpo a uma resposta única seria o mesmo que ignorá-lo.

 

O que não é corpo?

artistas

curadoria

Marina Ribas

expografia figital

Galeria Paralela

montagem figital

Nathalia Perico
Marina Ribas

mapa expositivo

GALERIA PARALELA

sala 3

Barbara Venosa

Odaraya Mello

Sofia Saleme

sala 2

Alice Gelli

Maria Flexa

Talitha Rossi

sala 1

Agrade

sala 4

Gabriela Fero

 

sala 1

ENTRECORPOS

sala 1

04.Sala4_Frontal - cópia.jpg

Sala 1

Galeria Paralela

Sala 1

Galeria Paralela

Agrade 

Desabitação, A descartabilidade da remoção, 2019

Projeto {A}grade

Tinta acrílica, spray, papel, latex e pele sintética sobre madeira formicada.

120 x 420 cm [A x L | Díptico]

Agrade 

Namoradeira, 2019

Projeto {A}grade

Instalação de grades e fotografia.

170 x 170 x 12 cm [A x L x P]

Agrade 

Máscara do agrado, 2019

Projeto {A}grade

Fotoperformance. Registro de performance. Foto: Victor Debeija.

Dimensões variáveis.

Agrade 

Máscara do agrado, 2019

Projeto {A}grade

Fotoperformance. Registro de performance. Foto: Victor Debeija.

Dimensões variáveis.

Agrade 

{a}grade, 2019

Projeto {A}grade

Objeto poético  ferro, espelho e folha de ouro fajuto.

52 x 76 x 70 cm [A x L x P]

sala 2

ENTRECORPOS

sala 2

 
02.Sala2_Perspectiva_Frontal.jpg

Sala 2

Galeria Paralela

Maria Flexa

A Decomposição da mulher, 2020

Tinta óleo sobre tela.

70 x 50 cm [A x L]

Detalhe

Maria Flexa

Véu de carne, 2020

Grafite e guache sobre papel.

42 x 29,7 cm [A x L]

Detalhe

Detalhe

Maria Flexa

Cena, 2020

Monotipia de sangue e guache sobre tecido.

40 x 38 cm [A x L]

02.Sala2_Perspectiva_Lateral Esquerda.jp

Sala 2

Galeria Paralela

Talitha Rossi

Ainda bate um coração?, 2018

Escultura de bordado sobre retalhos.

77 x 44 x 25 cm [A x L x P]

TR_ 74 x 44 x 25 cm.jpg

Talitha Rossi

Ainda bate um coração?, 2018

Escultura de bordado sobre retalhos.

77 x 44 x 25 cm [A x L x P]

Detalhe

parede frontal 8m - cópia 2.jpg

Sala 2

Galeria Paralela

Talitha Rossi

Minha selvagem expandida, 2020

Poesia bordada sobre tecido e bordado de alta costura sobre cabelo.

58 x 40 cm [A x L]

Detalhe

Talitha Rossi

Sobre a vida das mulheres e não dos fetos, 2020

Poesia bordada sobre tecido e bordado.

33 x 25 cm [A x L]

IMG_7345_edited.jpg

Detalhe

Detalhe

IMG_6563%25203_edited_edited.jpg

Talitha Rossi

Ewá, 2020

Pintura e colagem sobre cetim de seda.

140 x 96 cm [A x L]

02.Sala2_Perspectiva_Lateral Direita.jpg

Sala 2

Galeria Paralela

Maria Flexa

Floral Sanguínea I, 2020

Tinta acrílica sobre tela.

15 x 15 cm [A x L]

Maria Flexa

Cochilo, 2020

Linha sobre algodão.

30 x 20 cm [A x L]

Detalhe

Maria Flexa

Riacho , 2020

Linha sobre algodão.

14,5 x 13 cm [A x L]

Detalhe

Maria Flexa

Falofenda, 2020

Monotipia de sangue e guache sobre tecido.

40 x 38 cm [A x L]

Maria Flexa

La que sabe, 2020

Monotipia com sangue e pintura guache sobre tecido.

36 x 45 cm [A x L]

parede frontal 8m - cópia.jpg

Sala 2

Galeria Paralela

Alice Gelli

Série Do que somos feitas?, 2020

ouça

Alice Gelli

Sem título, 2020

Série Do que somos feitas?

Cerâmica terracota e fios de lã crua.

110 x 125 cm [A x L]

Alice Gelli

Sem título, 2020

Série Do que somos feitas?

Cerâmica terracota e crochet de lã crua.

31 x 44 cm [A x L]

Detalhe

02. Sala2_Painel Meio_Com Sala 4.jpg

Sala 2

Galeria Paralela

Talitha Rossi

Minha selvagem expandida, 2020

Registros de performance.

Talitha Rossi

Minha selvagem expandida, 2020

Registro de performance.

 

sala 3

ENTRECORPOS

sala 3

Barbara Venosa

Desfalologia, 2020

​Série Desfalo

Impressão sobre acrílico espelhado

40 x 71 x 0,5 cm [A x L x P]

Barbara Venosa

Desfalologia, 2020

​Série Desfalo

Impressão sobre acrílico espelhado

40 x 71 x 0,5 cm [A x L x P]

ouça

Edição sonora: Marilia Moraes

Vozes: Barbara Venosa; Alice Gelli, Maria Flexa, Marina Ribas, Nathalia Perico, Sofia Saleme e Talitha Rossi

Detalhe

Detalhe

Detalhe

tratada_edited.jpg

Barbara Venosa

Desfalologia, 2020

​Série Desfalo

Foto performance

03.Sala3_Frontal_Maior.jpg

Sala 3

Galeria Paralela

Sofia Saleme

Série Okunoin, 2018

Sofia Saleme

Okunoin, fim da trilha 01, 2018

Série Okunoin

Fotografias em impressão em papel fine art

60 x 40 cm [A x L]

Sofia Saleme

Okunoin, fim da trilha 04, 2018

Série Okunoin

Fotografias em impressão em papel fine art

60 x 40 cm [A x L]

Sofia Saleme

Okunoin, fim da trilha 02, 2018

Série Okunoin

Fotografias em impressão em papel fine art

60 x 40 cm [A x L]

Sofia Saleme

Okunoin, fim da trilha 03, 2018

Série Okunoin

Fotografias em impressão em papel fine art

60 x 40 cm [A x L]

Sofia Saleme

Okunoin, fim da trilha 05, 2018

Série Okunoin

Fotografias em impressão em papel fine art

60 x 40 cm [A x L]

Odaraya Mello

Série ForzaImpermanência II

Performance | Registro de performance: Ana Alexandrino

Odaraya Mello

Gruta 3, 2015

Série ForzaImpermanência II

Performance | Registro de performance: Ana Alexandrino

80 x 50 cm [A x L]

Odaraya Mello

Gruta 3, 2015

Série ForzaImpermanência II

Performance | Registro de performance: Ana Alexandrino

80 x 50 cm [A x L]

Odaraya Mello

Gruta, 2015

Série ForzaImpermanência II

Performance | Registro de performance: Ana Alexandrino

80 x 100 cm [A x L]

03.Sala3_Painel e Paredes_Direita.jpg

Sala 3

Galeria Paralela

Odaraya Mello

Observe atentamente, 2016

Série ForzaImpermanência III

Performance | Registro de performance: Barbara Almeida

60 x 70 cm [A x L]

Odaraya Mello

Permanência, 2016

Série ForzaImpermanência III

Performance | Registro de performance: Barbara Almeida

60 x 70 cm [A x L]

Odaraya Mello

Corpo impermanência, 2016

Série ForzaImpermanência III

Performance | Registro de performance: Barbara Almeida

210 x 500 cm [A x L x P]

03.Sala3_Painel e Paredes_Esquerda.jpg

Sala 3

Galeria Paralela

Sofia Saleme

Pequenas mortes, 2020

Fotografia em impressão em papel fine art

60 x 40 cm [A x L]

Sofia Saleme

Pequenas mortes, 2019

100 desenhos em caligrafia com nanquim sobre papel Washi (papel de algodão).

33,6 x 24,5 cm [A x L | Cada]

Detalhe

Detalhe

Sofia Saleme

Pequenas mortes, 2019

100 desenhos em caligrafia com nanquim sobre papel Washi (papel de algodão).

33,6 x 24,5 cm [A x L | Cada]

Detalhe

Sala 3

Galeria Paralela

sala 4

ENTRECORPOS

sala 4

 
01.Sala1_Painel Meio_Com Sala 3.jpg

Sala 4

Galeria Paralela

01.Sala1_Perspectiva_Lateral Direita.jpg

Sala 4

Galeria Paralela

Gabriela Fero

Sem título, 2019

Acrílica e pastel oleoso sobre tapume metálico.

102 x 182 cm [A x L]

Gabriela Fero

Sem título, 2020

Acrílica e óleo sobre algodão cru.

160 x 400 cm [A x L]

Detalhe

Detalhe