top of page
Âncora 2

Indigo Braga

clique para ouvir a áudio descrição

Indigo Braga, anteriormente conhecida como nica buri, é artista visual, cineasta e poeta carioca; graduanda em Artes Visuais pela EBA-UFRJ, com curso de Direção Cinematográfica pela Escola de Cinema Darcy Ribeiro (2020), e Edição pela Associação Brasileira de Cinematografia (2023). Pesquisa identidade e memória pela ótica da ficção e documentação do fantástico, do afetivo e do dramático. Pelos suportes do poema, imagem, vídeo e performance, desenvolve uma linguagem de ruptura e multiplicação entre a diegese e a arte contemporânea. Indigo é uma pessoa trans feminina de 25 anos, pele parda, cabelos escuros e sobrancelhas grossas, possui uma deficiência visual no olho direito e visão monocular.

Âncora 1

Indigo Braga

Trava Minguante, Trava Crescente; 2020
(Waning Tides Changing, 2020)
Curta metragem doc-experimental.
7"

Elenco: Indigo Braga (assinando como nica buri), Coletivo Arrebatrá, Almir Picanço, Antônia Moreira, Carolina Frossard, Cassie Capeta, Euller Braga, Gábe Maria Pires, Germain Huguel, Giulia Maria Reis, Guilherme Caldeira, Idra Maria Mamba Negra, José Ribamar Braga, Katya Goldenstein, Kelly Braga, Lucas Magalhães, Lucax Matede, Luciana Caldeira, Matheus Andrade, Mar La, Naja Maria Canet, Paulo Abrão, Rainha F., Rafael Braga, Rick Miranda, Tomtom, Valéria Braga, Ventura Profana e Zimtese Guimarães.

Créditos: DIREÇÃO, ROTEIRO, PRODUÇÃO, MONTAGEM E SOM: Indigo Braga (assinando como nica buri)

valor sob consulta

Sinopse: Numa noite meio tempestuosa, eu tive cólicas. Chorava muito nos últimos dias e a barriga começou a pesar. Recapitulava o que tinha em cima dela. Lembrava de minha mãe, de todos os meninos que amei, de todas as feridas e cirurgias que já tive que passar. Sonhei com cobras e touros. Naquela noite chuvosa eu escrevi um texto como um desejo de transmutação. Gerei esse texto e misturei com tudo de bom e de podre que tinha na minha barriga. Pari quando chegou a primavera.
Sinopse internacional: One stormy night, I had cramps. I cried a lot in the last days and my belly started to feel heavy. I recapitulated what was on top of her. I remembered my mother, all the boys I loved, all the wounds and surgeries I've had to go through. I dreamed of snakes and bulls. That rainy night I wrote a text as a transmutation desire. I generated this text and mixed it with everything good and rotten that I had in my belly. I gave birth when spring came.

bottom of page